Plano de pormenor da ESA para a abertura a atividades presenciais

 

História, localização e infra-estruturas.

Os serviços e as pessoas.

Organização, departamentos e centros de recursos.

CTeSP, Licenciaturas e Mestrados.

Programas e projectos de investigação.

Apoio e transferência de conhecimento.

A atmosfera, as instalações, as pessoas.

Acontece na ESA.

 

Blogue Notícias ESA
IPB.Virtual - plataforma de e-learning e de e-research
Clima na Escola Superior Agrária de Bragança
Portal Candidato IPB
Ligações B-ON - Biblioteca do Conhecimento OnlinePlataforma DeGóis - Plataforma Nacional de Ciência e TecnologiaCampus Virtual IPB
Redes Sociais Facebook Instagram Twitter

Laboratório de Análise Sensorial


O Laboratório de Análise Sensorial (LAS) realiza ensaios sensoriais (organoléticos) a produtos alimentares crus e/ou confecionados.

A avaliação sensorial na industria alimentar proporciona informações que sustentam decisões dos empresários sobre o comportamento do consumidor e a garantia de qualidade.

O Laboratório, sendo uma estrutura de ensino e investigação, presta também serviços aos clientes que nos contactem.



Valências técnico-científicas

O LAS desenvolve toda a sua atividade de ensaio visando satisfazer as necessidades pedagógicas, de investigação e prestação de serviços. As atividades que desenvolve dão cumprimento não só aos requisitos da norma NP EN ISO/IEC 17 025, mas também aos requisitos regulamentares aplicáveis.


  • Ensino: no âmbito das unidades curriculares, o laboratório e os seus recursos são utilizados pelos estudantes da ESA para a prática de análise sensorial de produtos agroalimentares.
  • Investigação aplicada: os recursos do laboratório são utilizados por investigadores das unidades orgânicas do IPB e de outras instituições com quem este tenha protocolo para a investigação aplicada no âmbito dos produtos agroalimentares.
  • Prestação de serviços: O laboratório, mediante contrato, presta serviço de consultoria a todos os clientes que o solicitem.

No decurso da utilização do laboratório e recursos que lhe estão afetos, serão sempre preservados os princípios da confidencialidade, imparcialidade, independência e transparência.


O LAS disponibiliza uma gama completa de serviços de avaliação sensorial e consultoria com capacidade para projetar estudos de análise sensorial para o ajudar a compreender, determinar e segmentar melhor o mercado.

Criamos questionários, recrutamos consumidores, realizamos testes sensoriais e trabalhamos em estreita ligação com a indústria alimentar.



Aplicamos métodos e executamos ensaios de acordo com normas internacionalmente recomendadas (NP EN ISO 17025:2005) e demais requisitos aplicáveis, ao abrigo das quais foca o seu objetivo na satisfação do cliente.


Para o alcançar dispõe de uma equipa especializada, com competência demonstrada no domínio do ensino e investigação, trabalhando com rigor e respeitando normas de confidencialidade.

Estamos seguros de que podemos ajudá-lo a garantir a satisfação do consumidor e o sucesso dos seus produtos no mercado.


Contacte-nos em las-esa@ipb.pt



Serviços de avaliação sensorial

A avaliação sensorial desempenha um papel importante no desenvolvimento e comercialização de novos produtos.

A análise sensorial utiliza os sentidos (visão, olfato, tato, paladar e audição), para avaliar um produto tendo por base descritores das características ou atributos.

A identificação e quantificação dos atributos sensoriais do produto é realizada por provadores.

Os provadores são selecionados pela sua capacidade para percecionar e diferenciar esses atributos e treinados para aperfeiçoar as suas capacidades de identificação sensorial. Integra pessoas de ambos os sexos, diferentes níveis sociais, idades e profissões.



Os nossos serviços de análise sensorial de alimentos para desenvolvimento de produtos incluem testes sensoriais com consumidores, bem como provadores qualificados e peritos.

Estes incluem testes de cor, cheiro, textura e sabor.


O LAS tem competência específica no sector dos queijos, enchidos e mel.


Os métodos que disponibiliza:

  • Teste Triangular
  • Teste Duo-Trio
  • Testes de ordenação (escalas)
  • Teste de classificação
  • Análise sensorial descritiva


Para recorrer a estes serviços contacte las-esa@ipb.pt



Consultoria

A avaliação sensorial é uma das ferramentas que as empresas utilizam para atingir de forma eficaz mercados-alvo, definir conceitos de produtos, agilizar o desenvolvimento de formulações, substituir ingredientes, resolver problemas de qualidade e garantir a vida útil de alimentos.

A caracterização da aparência, o aroma, o sabor e a textura do alimento são fundamentais para estabelecer padrões de desempenho e avaliar o progresso.


Todos os projetos de avaliação sensorial fornecem ao cliente um relatório final que inclui a avaliação estatística dos resultados dos testes, a sua interpretação e recomendações sobre como essa informação pode beneficiar a sua empresa.


Com base neste documento, ajudamos a:

  • Alterar matérias-primas, ingredientes, aditivos e processos produtivos, otimizando os seus produtos;
  • Classificar ou avaliar os produtos, comparando e posicionando qualitativamente os seus produtos com os produzidos pelos seus concorrentes;
  • Examinar os perfis de sabor ao longo do prazo de vida útil do produto, definindo e testar datas para “consumir até” ou “consumir de preferência antes de”;
  • Observar/controlar a estabilidade de armazenamento;
  • Desenvolver novos produtos.


Os ensaios respeitam os princípios de confidencialidade, imparcialidade e independência, valorizando a transparência e a comunicação interativa com os nossos clientes.


Para saber como usar os nossos serviços a seu favor, contacte-nos em las-esa@ipb.pt.



A equipa do Laboratório

Fernando Ruivo de Sousa

Responsável Técnico do LAS

Líder de painel de queijos (pasta semidura/dura de ovelha e cabra)

Professor Adjunto do Departamento de Ciência Animal

  • Licenciado em Engenharia Zootécnica, mestre em Extensão e Desenvolvimento Rural, doutorado em Ciência Animal.
  • Trabalho no domínio da conservação/valorização de recursos genéticos (bovinos de raça Mirandesa) e sistemas de produção; sistemas de rastreabilidade de produtos de origem animal (Raça e carne Mirandesa);
  • Desenvolvimento de novos produtos, controlo de qualidade sensorial em produtos de origem animal (carne e queijo);
  • Apoio à comunidade em interação com organizações Sectoriais.
  • Qualificação de provadores (NP EN ISSO 8586:2012).
  • Implementação de SGQ em Laboratório de Análise Sensorial (NP EN ISO 17025:2005).

Sandra Sofia Quinteiro Rodrigues

Líder de Painel de Produtos Cárneos

Licenciada em Engenharia Zootécnica, prosseguiu a sua formação em Ciência Animal. É nesta área que investiga desde 1999, dedicando aos pequenos ruminantes a sua principal atenção, sem deixar de actuar em carne e produtos derivados de outras espécies.

Faz parte da equipa de investigação da Escola Superior Agrária do Instituto Politécnico de Bragança que opera no Laboratório de Tecnologia e Qualidade da Carcaça e da Carne. Nesta equipa, que investiga a qualidade da carne e produtos derivados, é responsável pela componente de Análise Sensorial.