História, localização e infra-estruturas.

Os serviços e as pessoas.

Organização, departamentos e centros de recursos.

CET, Licenciaturas e Mestrados.

Programas e projectos de investigação.

Apoio e transferência de conhecimento.

A atmosfera, as instalações, as pessoas.

Acontece na ESA.

 

Blogue Notícias ESA
IPB.Virtual - plataforma de e-learning e de e-research
Curso de seleção e qualificação de provadores
Clima na Escola Superior Agrária de Bragança
Estação Hidrométrica do Pontão do IPB
Portal Candidato IPB
Ligações B-ON - Biblioteca do Conhecimento OnlinePlataforma DeGóis - Plataforma Nacional de Ciência e TecnologiaCampus Virtual IPB

Línguas electrónicas e Bioelectronicas (Línguas – BE) para sensorização ambiental e alimentar


Objectivos:

O objectivo global deste projecto é a implementação e aplicação de filas de sensores e linguas electrónicas (líguas-E) a alguns problemas de sensorização ambiental e alimentar. Serão construídos e estudados filas e línguas-E com sensores electroquímicos (detecção amperométrica e potenciométrica), em regime de partida e/ou FIA, e serão utilizadas estratégias de medição e tratamento de dados baseadas em tecnicas quimiométricas. A investigação a realizar no projecto visa obter conhecimento fundamental acerca das vantagens da utilização de sensores em paralelo (filas ou lìnguas-E) para obter matrizes de dados multidimensionais e a optimização de técnicas quimiométricas para extrair informação dessas matrizes de dados.
No Departamento de Química da Faculdade de ciências do Porto serão efectuados os estudos de implementação de uma língua bioelectrónica (lígua-BE) hibrída constituída por biossensores amperométricos construídos por técnicas de “screen printing” e eléctrodos selectivos de iões (ESI’s), para determinações de controlo de qualidade e de tratamento de águas. A implementação de uma lígua-BE para a detecção de iões de metais pesados e pesticidas organofosforados também será estudada.
Na Escola Superior Agrária de Bragança será estudada a implementação de um "taste-sensor", baseado em sensores potenciométricos, e a sua aplicação para distinguir entre diferentes tipos e níveis de qualidade de produtos agrícolas de Trás-os-Montes. Este "taste sensor" será constituído por sensores com elevada sensibilidade cruzada a diferentes constituintes, orgânicos e inorgânicos, iónicos e não iónicos, dos produtos em análise.

Responsável na ESA:

Doutor Luís Avelino Guimarães Dias
Tel.:273 303318 E-mail: ldias@ipb.pt
Departamento: Ciências Básicas

Outras Instituições Participantes:

  • Faculdades de Ciências da Universidade do Porto

Financiamento:

Programa POCI 2010 – Medida V. 4 – Acção V.4.1

Duração:

De 2005-09-01 a 2008-09-01.