História, localização e infra-estruturas.

Os serviços e as pessoas.

Organização, departamentos e centros de recursos.

CET, Licenciaturas e Mestrados.

Programas e projectos de investigação.

Apoio e transferência de conhecimento.

A atmosfera, as instalações, as pessoas.

Acontece na ESA.

 

Blogue Notícias ESA
IPB.Virtual - plataforma de e-learning e de e-research
Clima na Escola Superior Agrária de Bragança
Portal Candidato IPB
Ligações B-ON - Biblioteca do Conhecimento OnlinePlataforma DeGóis - Plataforma Nacional de Ciência e TecnologiaCampus Virtual IPB

Doenças Infecto-Contagiosas e Parasitárias


Área Científica: Ciência Veterinária
Ano: 2º
Semestre: 2
Créditos: 6 ECTS
Horas de contacto: T 30 - PL 30 - OT 30

Objectivos/Competências adquiridas:

No fim da unidade curricular o aluno deve ser capaz de:

  • Os alunos deverão saber as principais causas da doença, as principais doenças provocadas por agentes microbianos, protozoários e parasitários e a sua profilaxia Médica e Sanitária.
  • Os alunos deverão conhecer os conceitos básicos da Higiene e Sanidade e das zoonoses. Conhecer a legislação Nacional e Europeia.
  • Os alunos deverão saber realizar as técnicas laboratoriais de isolamento e caracterização dos principais microrganismos, protozoários e ecto e endoparasitas.

Conteúdo da unidade curricular:

Etiologia das doenças. Principais doenças infecciosas e contagiosas dos animais. Doenças provocadas por bactérias, fungos, micoplasmas, ricketsias, vírus. Principais sintomas e lesões. Técnicas laboratoriais de diagnóstico de doenças infecciosas e isolamento de agentes. Introdução à Parasitologia. Parasitas externos, internos e protozoários. Ciclos biológicos e doenças parasitárias. Técnicas laboratoriais de diagnóstico. Prevenção de riscos profissionais e tratamento de resíduos.

  1. Introdução
    - Principais objectivos da Medicina Veterinária.
  2. Conceitos: Saúde/Doença, o Meio, o Animal e o Homem
    - Métodos de estudos das doenças infecto-contagiosas: Etiologia, dados epidemiológicos, patogenia.
    - Profilaxia das doenças infecciosas.
    - Saúde pública veterinária.
    - Atitudes epidemiológicas de acção directa.
    - Mecanismos de defesa do animal.
    - Imunidade activa e passiva.
  3. Doenças Infecciosas dos Animais de Companhia
    - Cão: Raiva, esgana, parvovirose, hepatite contagiosa, coronavirose, rotavirose e herpesvirose.
    - Suínos: Mal rubro, pestes suínas, doenças de Aujesky, outras viroses suínas.
    - Aves: Gripe aviária, doença de Newcastle, micoplasmoses aviárias, clamidiose, salmonelose.
    - Coelhos: Mixomatose, tularémia, pasteureloses, doença viríca hemorrágica.
  4. Doenças Infecciosas dos Animais Exóticos
  5. Parasitologia
    - Introdução.
    - Associações biológicas, parasita/Adaptação, epidemiologia/epizoologia.
    - Acções nocivas dos parasitas sobre os hospedeiros, mecanismos de defesa dos hospedeiros.
    - Períodos parasitológicos. Períodos clínicos.
    - Nomenclatura zoológica: Nematelmintes, platelmintes (céstodos, tremátodos), protozoários, artrópodes.
  6. Doenças Parasitárias dos Animais de Companhia
    - Cão e gato: Parasitoses digestivas, respiratórias, sistémicas, cutâneas.
    - Equídeos: Parasitoses digestivas, respiratórias, cutâneas.
  7. Doenças Parasitárias dos Animais de Produção
    - Ruminantes: Parasitoses digestivas, respiratórias, sistémicas, cutâneas.
    - Suínos: Parasitoses digestivas, respiratórias, sistémicas, cutâneas.
  8. Doenças Parasitárias dos Animais Exóticos e Silvestres
    - Aves: Coccidioses, histomonose, tricomonose, nematodoses.
    - Coelhos: Coccidioses, cestodoses, encefalitozoonose, sarnas.
  9. Aulas Práticas de Segurança no Laboratório
    - Nomenclatura e descrição do material de laboratório. Material de vidro, plástico, inox.
    - Normas gerais de manutenção do material e equipamento. Lavagem, secagem, arrumação.
  10. Aparelhos/Kits e Sua Utilização
    - Microscópio, lupa, lâmpada de Wood, kits de diagnóstico, outros.
  11. Reagentes e Soluções
  12. Recolha/Conservação/Envio de Amostras
  13. Sangue
    - Métodos de recolha, técnicas de esfregaço, tipos de coloração, hemoparasitas.
  14. Fezes
    - Recolha de fezes.
    - Método de Willis. Método de Telemann. Coprocultura.
    - Identificação de ovos de parasitas. Identificação de parasitas adultos.
  15. Pele/Pêlos
    - Observação directa.
    - Raspagem cutânea. Observação do pêlo Lâmpada de Wood.
    - Técnica do adesivo. Método de aspiração. Citologia auricular. Colorações.
  16. Ectoparasitas
    - Carraças, pulgas, piolhos, ácaros, míases.
  17. Bacterologia
    - Tipo de amostras, colorações, culturas, observação microscópica de microrganismos.
  18. Outros
    - Secreções traqueo-bronquiais.
    - Agentes bacterianos, fungos, agentes parasitários.
  19. Eóticos (Aves/Répteis/Pequenos Mamíferos)
    - Principais agentes microbianos e parasitários. Métodos de recolha. Análises laboratoriais.

Bibliografia recomendada:

Sykes, J., 2013. Canine and feline infectious diseases. Saunders, Elsevier - Health Sciences Division, 928 pp.
Lefebvre et al., 2011. Infectious and parasitic diseases of livestock. Lavoisier, Technique Et Documentation, 2000 pp.
Dias et al., 2012. Manual de higiene e sanidade animal. Ministério da Agricultura, do Desenvolvimento Rural e das Pescas de Angola.
Jacobs et al., 2016. Principles of veterinary parasitology. Wiley-Blackwell, 312 pp.
Radbostits, O, Clive, C., Blood, D., Radostits, O., Hinchcliff, K. 2007. Veterinary medicin . 10th Edition, Saunders Ltd, London.


T = teóricas; TP = teórico-práticas; PL = ensino prático e laboratorial; TC = trabalho de campo; S = seminário; E = estágio; OT = orientação tutória;