Eleição das Comissões de Curso da ESA – 2017

 

História, localização e infra-estruturas.

Os serviços e as pessoas.

Organização, departamentos e centros de recursos.

CET, Licenciaturas e Mestrados.

Programas e projectos de investigação.

Apoio e transferência de conhecimento.

A atmosfera, as instalações, as pessoas.

Acontece na ESA.

 

Blogue Notícias ESA
IPB.Virtual - plataforma de e-learning e de e-research
Clima na Escola Superior Agrária de Bragança
Portal Candidato IPB
Ligações B-ON - Biblioteca do Conhecimento OnlinePlataforma DeGóis - Plataforma Nacional de Ciência e TecnologiaCampus Virtual IPB

Ecologia e Biologia da Fauna Exótica e Silvestre


Área Científica: Biologia e Bioquímica
Ano: 2º
Semestre: 1
Créditos: 6 ECTS
Horas de contacto: 30 T, 20 PL, 10 TC, 20 OT

Objectivos/Competências adquiridas:

  • Conhecer e identificar as principais espécies faunísticas que ocorrem em Portugal. Adquirir conhecimentos sobre aspectos a etologia e ecologia das espécies referidas com ênfase para as espécies ameaçadas, para as espécies com interesse aquícola e cinegético e para espécies exóticas e introduzidas.
  • Conhecer a legislação vigente relativa ao manuseamento e transporte de animais silvestres e exóticos. Adquirir competências para planificar a recuperação de indivíduos de espécies ameaçadas. Adquirir competências no âmbito de programas de (re) introdução de espécies.

Conteúdo da unidade curricular:

Características e identificação das principais espécies de fauna nativa de Portugal. Espécies ameaçadas. Referência a espécies introduzidas e exóticas.
Espécies com interesse aquícola e cinegético.
Aspectos ecológicos e comportamentais das espécies acima mencionadas
Técnicas de captura, manipulação e alimentação de animais. Reacção e susceptibilidade dos animais ao manuseamento pelo Homem. Técnicas de maneio em cativeiro. Estratégias de recuperação de populações. Centros de Recuperação de fauna selvagem.
Aspectos ecológicos e legais associados à (re)introdução de espécies e libertação de animais recuperados.

Bibliografia recomendada:

Cage, L. J. eds (2002) Hand-Rearing Wild and Domestic Mammals. Blackwell Publishing Company.
Primack, R.B. 2001. Essentials of Conservation Biology. Sinauer Associates, Sunderland
Shepherdson, D. J. & . Mellen J D (eds) (1997) Second Nature: Environmental Enrichment for Captive Animals (Zoo & Aquarium Biology & Conservation). Smithsonian Institution Press
Stanley- Price, M R (1989) Animal re-introductions: The Arabian oryx in Oman.Cambridge Studies in Applied Ecology and Resource Management.
White J. (2005) Basic wildlife rehabilitation IWRC eds.


T = teóricas; TP = teórico-práticas; PL = ensino prático e laboratorial; TC = trabalho de campo; S = seminário; E = estágio; OT = orientação tutória;