História, localização e infra-estruturas.

Os serviços e as pessoas.

Organização, departamentos e centros de recursos.

CET, Licenciaturas e Mestrados.

Programas e projectos de investigação.

Apoio e transferência de conhecimento.

A atmosfera, as instalações, as pessoas.

Acontece na ESA.

 

Blogue Notícias ESA
IPB.Virtual - plataforma de e-learning e de e-research
Clima na Escola Superior Agrária de Bragança
Portal Candidato IPB
Ligações B-ON - Biblioteca do Conhecimento OnlinePlataforma DeGóis - Plataforma Nacional de Ciência e TecnologiaCampus Virtual IPB

Cunicultura


Área Científica: Produção Agrícola e Animal
Ano: 3º
Semestre: 1
Créditos: 5 ECTS
Horas de contacto: 15 T, 13 PL, 15 TC, 2 S, 20 OT

Objectivos/Competências adquiridas:

Os alunos deverão conhecer as características das raças e relacioná-las com os diversos sistemas de exploração de leporídeos e de chinchilas. Saber aplicar as melhores técnicas de maneio alimentar e reprodutivo para a criação racional destes animais, associando os principais problemas e os aspectos económicos e sociais do País e do Mundo. Ficar capacitados para projectar, implementar e gerir vários tipos de exploração de leporídeos e de chinchilas. Saber produzir carne e pele de qualidade, a custos reduzidos e em pouco tempo.

Conteúdo da unidade curricular:

Caracterização e evolução da produção portuguesa e mundial de leporídeos. Principais raças nacionais e estrangeiras. Fisiologia da reprodução (aspectos específicos). Métodos de produção. Sistemas de reprodução. Alojamentos. Alimentação, necessidades alimentares, técnicas de alimentação, transtornos relacionados com a nutrição.
Prevenção sanitária, normas gerais de profilaxia. Maneio. Economia da exploração.
Produção biológica de leporídeos. Produção de lebre, de coelho bravo e de chinchilas. Indústrias associadas. Certificação dos produtos de qualidade.
Impacto ambiental da produção. Legislação nacional e europeia.

Bibliografia recomendada:

Apontamentos do Docente.
BROWN, M., RICHARDSON, V. 2004. Rabbitlopaedia: A Complete Guide to Rabbit Care, Interpet Publishing, Surrey.176 pp.
COWAN, L., 2002. Tracking the White Rabbit: Essays in Subversive Psychology. Psychology Press (UK), 256 pp.
GENDRON, K., 2000. The Rabbit Handbook: Purchase, Care, and Breeding, Understanding Rabbit Behavior. Barron's Educational Series, Inc. New York.
HARCOURT-BROWN, F., 2004. Textbook of Rabbit Medicine. Elsevier Health Sciences, 410 pp.
MOURÃO, J.L., 2003. Produção de Leporídeos: o coelho em zootecnia. Série Didáctica, Ciências aplicadas, nº 217. Vila Real, UTAD, 61 pp.
SMITH, K, 2003. Rabbit Health in the 21st Century. IUniverse, 220 pp.
YOUNIE, D.; WILKINSON, J.M.; 2004. Ganadería ecológica. Principios, consejos prácticos, benefícios. Primera Edición. Zaragoza. Editorial Acribia, S.A., 160 pp.
Artigos científicos Online.


T = teóricas; TP = teórico-práticas; PL = ensino prático e laboratorial; TC = trabalho de campo; S = seminário; E = estágio; OT = orientação tutória;