História, localização e infra-estruturas.

Os serviços e as pessoas.

Organização, departamentos e centros de recursos.

CET, Licenciaturas e Mestrados.

Programas e projectos de investigação.

Apoio e transferência de conhecimento.

A atmosfera, as instalações, as pessoas.

Acontece na ESA.

 

Blogue Notícias ESA
IPB.Virtual - plataforma de e-learning e de e-research
Clima na Escola Superior Agrária de Bragança
Portal Candidato IPB
II Congresso Nacional das Escolas Superiores Agrárias
Ligações B-ON - Biblioteca do Conhecimento OnlinePlataforma DeGóis - Plataforma Nacional de Ciência e TecnologiaCampus Virtual IPB

Melhoramento Genético Animal


Área Científica: Produção Agrícola e Animal
Ano: 2º
Semestre: 2
Créditos: 6 ECTS
Horas de contacto: 30 T, 15 PL, 10 TC, 5 S, 20 OT

Objectivos/Competências adquiridas:

Compreender que as características individuais são o resultado de ambos os factores genéticos e ambientais. Compreender as relações de parentesco entre indivíduos e em populações. Compreender que as relações de parentesco podem ser utilizadas para estimar o valor genético dos indivíduos. Compreender que as populações podem ser modificadas pela selecção artificial. Ser capaz de estimar o mérito genético. Ser capaz de explicar o significado das interacções genótipo x ambiente. Ser capaz de prever as consequências da selecção e das estratégias de acasalamento. Ser capaz de explicar os efeitos indesejáveis da selecção artificial, bem como as estratégias para os prevenir. Ser capaz de explicar a importância da manutenção da diversidade genética nas espécies pecuárias e de companhia.

Conteúdo da unidade curricular:

História da domesticação e do melhoramento genético. Organização e prática corrente do melhoramento genético por espécies (descrição das raças, objectivos de selecção, organização). Passos e princípios envolvidos no melhoramento genético. O que é melhor? Estimativa do valor genético Selecção e acasalamentos. Genética (molecular e quantitativa) aplicada. Estatística aplicada: Variação: Var(P) = Var(G) + Var(E) (+ Var(G×E+ Cov(G+E)…..). Relações genéticas, estimativa de parâmetros genéticos. Valor genético, precisão da avaliação genética, ponderação de caracteres directos e correlacionados. Índices de selecção; pesos económicos. Resposta à selecção. Cruzamentos. Consanguinidade, medidas de diversidade. Programas de melhoramento, Organização – Quem decide? Aspectos legais, desenvolvimentos (inter)nacionais da indústria, desenvolvimentos científicos.

Bibliografia recomendada:

Bourdon, R. M., 1999. Understanding animal breeding. 2nd Edition, Prentice hall.
Dalton, C., 1985. An introduction to practical animal breeding. Second Edition, Collins.
Ducrocq, V. and R. L. Quaas. 1988. Prediction of genetic response to truncation selection across generations. J. Dairy Sci. 71:2543-2553.
Falconer, D. S. and T. F. C. Mackay. 1996. Introduction to Quantitative Genetics. Fourth Edition. Longman Group Ltd.
Henderson, C. R. 1984. Applications of linear models in animal breeding. University of Guelph, Guelph, ON.
Henderson, C. R. 1988. Use of an average numerator relationship matrix for multiple-sire joining. J. Anim. Sci. 66:1614-1621.
Meuwissen, T. H. E. and Luo, Z. 1992. Computing inbreeding coefficients in large populations. Genet. Sel. Evol. 24:305-313.
Mrode, R. A., 2005. Linear models for the prediction of animal breeding values. 2nd Edition, Cab International.
Quaas, R. L. 1988. Additive genetic model with groups and relationships. J. Dairy Sci.
Searle, S. R. 1982. Matrix Algebra Useful for Statistics. New York:John Wiley.
Artigos científicos disponíveis na biblioteca b-online.


T = teóricas; TP = teórico-práticas; PL = ensino prático e laboratorial; TC = trabalho de campo; S = seminário; E = estágio; OT = orientação tutória;