História, localização e infra-estruturas.

Os serviços e as pessoas.

Organização, departamentos e centros de recursos.

CET, Licenciaturas e Mestrados.

Programas e projectos de investigação.

Apoio e transferência de conhecimento.

A atmosfera, as instalações, as pessoas.

Acontece na ESA.

 

Blogue Notícias ESA
IPB.Virtual - plataforma de e-learning e de e-research
Clima na Escola Superior Agrária de Bragança
Portal Candidato IPB
II Congresso Nacional das Escolas Superiores Agrárias
Ligações B-ON - Biblioteca do Conhecimento OnlinePlataforma DeGóis - Plataforma Nacional de Ciência e TecnologiaCampus Virtual IPB

Poluição Acústica


Área Científica: Protecção do Ambiente
Ano: 3º
Semestre: 1
Créditos: 6 ECTS
Horas de contacto: 30 T, 30 PL, 20 OT

Objectivos/Competências adquiridas:

Esta unidade curricular visa o estudo da física das vibrações enquanto ferramenta de análise e de solução dos problemas de poluição sonora e de melhoria do ambiente acústico de espaços abertos e fechados, possibilitando aos alunos a aquisição de competências várias: descrever, analisar e modelar o comportamento das ondas sonoras; utilizar equipamento de medição de ruído; avaliar os níveis de ruído ambiente em conformidade com os critérios legais vigentes; desenvolver planos de redução de níveis sonoros; e implementar medidas de controlo de emissões sonoras e de melhoria de qualidade acústica dos edifícios.

Conteúdo da unidade curricular:


1. Conceitos fundamentais do som: som e ruído; propriedades físicas do som; Intensidade do som; níveis de potência, de intensidade e de pressão sonora; definição de Decibel; fontes de ruído e emissão sonora; som de múltiplas fontes; espectra do som e análise em bandas de frequências; tipologia do som.
2. Propagação do som no ar: fonte sonora ideal e não-ideal; campos sonoros; directividade; atenuação da pressão sonora com a distância em campo livre e em recintos fechados; fontes pontuais; fontes em linha; factores que afectam a propagação do som; comportamento das ondas sonoras; barreiras acústicas.
3. Mecanismo de audição e avaliação subjectiva: anatomia e fisiologia da audição; audibilidade e nível de audibilidade.
4. Consequências do ruído: efeitos sobre o organismos em geral; efeitos auditivos; outros efeitos.
5. Enquadramento legal: regime Legal sobre a Poluição Sonora; Directiva Europeia sobre ruído ambiente; Regulamento dos Requisitos Acústicos dos Edifícios; Normas portuguesas e internacionais.
6. Medição e avaliação de ruído: sonómetros; analisadores de tempo real; procedimento de calibração; aquisição e processamento do sinal.
7. Poluição Sonora - avaliação e previsão: ruído de tráfego; ruído industrial; ruído urbano; modelos de simulação; mapas de ruído.
8. Avaliação de impactes no ambiente sonoro – EIA: metodologia; critérios;
9. Prevenção e controlo do ruído: medidas preventivas; medidas organizacionais; medidas construtivas; medidas de protecção individual; exemplos de controlo de ruído. medidas mitigadoras de ruído – soluções; programas de monitorização de ruído.
10. Acústica de edifícios – noções básicas: audição do som em recintos fechados; absorção sonora e silenciadores; perda de transmissão sonora; tempo de reverberação; isolamento sonoro; requisitos da acústica de edifícios.

Bibliografia recomendada:

Beraneck L. L. e Vér I. L. 1992. Noise and vibration control engineering: principles and applications. John Wiley & Sons, USA.
Fahy, F. J., and Walker, J. (1998), Fundamentals of Noise and Vibration, Spon Press.
Foreman J. E. K., 1990. Sound analysis and noise control. Van Nostrand Reinhold. USA.
Harris, C.M. (Ed.) (1991), Handbook of Acoustical Measurements and Noise Control, 3rd Ed., McGraw-Hill, New York.
Kinsler, L.E., Frey, A.R., Coppens, A.B., e Sanders, J.V. (2000), Fundamentals of Acoustics, 4th Ed., Wiley, New York.
Patrício J. 2003. Acústica nos edifícios. 2ª Edição.


T = teóricas; TP = teórico-práticas; PL = ensino prático e laboratorial; TC = trabalho de campo; S = seminário; E = estágio; OT = orientação tutória;