Eleição do Terceiro Conselho Técnico-Científico da ESA

 

 

História, localização e infra-estruturas.

Os serviços e as pessoas.

Organização, departamentos e centros de recursos.

CET, Licenciaturas e Mestrados.

Programas e projectos de investigação.

Apoio e transferência de conhecimento.

A atmosfera, as instalações, as pessoas.

Acontece na ESA.

 

Blogue Notícias ESA
IPB.Virtual - plataforma de e-learning e de e-research
Clima na Escola Superior Agrária de Bragança
Portal Candidato IPB
II Congresso Nacional das Escolas Superiores Agrárias
Ligações B-ON - Biblioteca do Conhecimento OnlinePlataforma DeGóis - Plataforma Nacional de Ciência e TecnologiaCampus Virtual IPB

Agricultura Herbácea Tropical


Área Científica: Produção Agrícola e Animal
Ano: 1º
Semestre: 2
Créditos: 5 ECTS
Horas de contacto: 25 T, 25 TP, 4 OT

Objectivos/Competências adquiridas:

- Compreender as bases ecológicas de um campo de cultura e as interações no interior da canópia;
- Conhecer a biologia, ecologia e comportamento agronómico de espécies herbáceas utilizadas para fins alimentares, energéticos ou outros;
- Conhecer os fundamentos das técnicas de cultivo;
- Intervir nos processos produtivos com a implementação de práticas minimizadoras de impactes ambientais;
- Equacionar soluções alternativas às culturas convencionais, como as matérias-primas utilizadas para a produção de biocombustível, têxteis, etc.;
- Reconhecer áreas de necessidade de investigação e participar em iniciativas de desenvolvimento experimental.

Conteúdo da unidade curricular:

- Introdução à agricultura tropical: agricultura itinerante vs. intensificação da agricultura; monocultura vs. policultura; a rotação de culturas na base da sustentabilidade da produção.
- Ecologia agrícola: interceção da radiação, disponibilidade hídrica, temperatura; fertilidade do solo e elementos minerais disponíveis.
- Tecnologia cultural em agricultura comercial (preparação do solo, sementeira, fertilização, proteção sanitária, …) das principais produções: horticultura herbácea (aliáceas, brássicas, cucurbitáceas, leguminosas, …);
cereais (milho, arroz, sorgo, cana-de-açúcar,…); tubérculos (inhame, batata, …); fibras têxteis (algodão, sisal, …).
- Culturas energéticas e biocombustíveis: recursos energéticos vegetais à escala mundial e a escalas locais.
- Agricultura e meio ambiente: impacte ambiental da atividade agrícola; degradação dos solos, eutrofização das águas, emissões gasosas para a atmosfera; medidas de mitigação dos impactes ambientais da atividade agrícola.

Bibliografia recomendada:

Aiyegbayo, J.T., Joy, D.C, Adeyanju, S.A. 1980. An introduction to tropical agricultural science. Evans Brothers Ld, Ibadan, Nigeria (Besa, arq 24, 2096).
Azam-Ali, S.N., Squire, G.R. 2002. Principles of tropical agronomy. Cabi Publishing, New York.
Chandrasekaram, B., Annadurai, K., Somasundaran, E., 2010. A text book of agronomy. New Age International Publishers. New Delhi.
Gooding, M. J. and W. P. Davies. 1997. Wheat Production and Utilization: Systems, Quality and the Environment. CAB Inter. UK.
Guerrero, A. 1999. Cultivos herbaceos extensivos. 6ª ed. Ediciones Mundi-Prensa. Madrid.
Harris, P. 1992. The potato crop. The scientific basis for improvement. 2ª ed. Chapman & Hall. London.
Nuez, F. 1995. El cultivo del tomate. Ed. Mundi-Prensa. Madrid.
Singh, B.P. 2010. Industrial Crops and Uses. CABI Inter., New York.
Singh, G. 2010. The soybean: botany, production and uses. CABI Intern., New York.
Winch, T. 2006. Growing food: a guide to food production. Springer, Dordrecht


T = teóricas; TP = teórico-práticas; PL = ensino prático e laboratorial; TC = trabalho de campo; S = seminário; E = estágio; OT = orientação tutória;