História, localização e infra-estruturas.

Os serviços e as pessoas.

Organização, departamentos e centros de recursos.

CET, Licenciaturas e Mestrados.

Programas e projectos de investigação.

Apoio e transferência de conhecimento.

A atmosfera, as instalações, as pessoas.

Acontece na ESA.

 

Blogue Notícias ESA
IPB.Virtual - plataforma de e-learning e de e-research
Clima na Escola Superior Agrária de Bragança
Portal Candidato IPB
II Congresso Nacional das Escolas Superiores Agrárias
Ligações B-ON - Biblioteca do Conhecimento OnlinePlataforma DeGóis - Plataforma Nacional de Ciência e TecnologiaCampus Virtual IPB

Biotecnologia Vegetal


Área Científica: Produção Agrícola e Animal/Industria Transformadora
Ano: 2º
Semestre: 2
Créditos: 6 ECTS
Horas de contacto: 30 T, 30 PL, 4 OT

Objectivos/Competências adquiridas:

Conhecer a importância da biotecnologia no setor da produção e transformação de produtos de origem vegetal;
Compreender o papel da biotecnologia na propagação de plantas por via seminal e vegetativa;
Reconhecer o papel das pragas e doenças das plantas na agricultura e o papel da biotecnologia como ferramenta de luta e de diagnóstico;
Compreender de que forma a biotecnologia atua ao nível do processamento tecnológico de produtos de origem vegetal.

Conteúdo da unidade curricular:

Módulo I
Importância da biotecnologia na produção e tecnologia vegetal: caracterização geral das diferentes produções vegetais, expressão geográfica e económica, conjuntura e perspetivas;
Biotecnologia na propagação de plantas: tecnologia de produção de sementes; diferentes formas de propagação de plantas por via vegetativa;
Biotecnologia na sanidade vegetal: conceitos de pragas, doenças e agentes causais; a biotecnologia na luta contra os inimigos das plantas; a biotecnologia como técnica de diagnóstico de pragas e doenças.

Módulo II
Biotecnologia na transformação de produtos de origem vegetal: produção de vinhos e bebidas alcoólicas; azeitonas de mesa, azeites e óleos vegetais; na transformação de vegetais, frutos e cereais; aproveitamento de subprodutos de origem vegetal.

Bibliografia recomendada:

Agrios N. G. (1998) Plant Pathology, Academic Press. 4ª Edicão.
Fernández A. F.; Díez M. J. F., Adams M. R. (1997). Table olives, production and processing. Chapman & Hall, U. K.
Fleet G. H. (1993) Wine Microbiology and Biotecnology. Harwood Aeademic Publishers. Switzerland
Fox R.T.V. (1993) Principles of Diagnostic Techniques in Plant Pathology. International Mycological Institute.Surrey, UK.
Hoseney R. C. (1991) Principios de Ciencia y Tecnología de los Cereales, Editorial Acribia, S. A.
Jackson R. S. (1994) Wine Science. Principles and Applications. Academic Press. Califomia USA
Pineda de las Infantas M. T. S. (2004) Procesos de Conservación Poscosecha de Produtos Vegetales. 1ª Edición, A. Madrid Vicente, Ediciones. Madrid.
Thomas S. (1999) Biological Control. Academic Press, 1046 pp


T = teóricas; TP = teórico-práticas; PL = ensino prático e laboratorial; TC = trabalho de campo; S = seminário; E = estágio; OT = orientação tutória;