História, localização e infra-estruturas.

Os serviços e as pessoas.

Organização, departamentos e centros de recursos.

CET, Licenciaturas e Mestrados.

Programas e projectos de investigação.

Apoio e transferência de conhecimento.

A atmosfera, as instalações, as pessoas.

Acontece na ESA.

 

Blogue Notícias ESA
IPB.Virtual - plataforma de e-learning e de e-research
Curso de seleção e qualificação de provadores
Clima na Escola Superior Agrária de Bragança
Estação Hidrométrica do Pontão do IPB
Portal Candidato IPB
Ligações B-ON - Biblioteca do Conhecimento OnlinePlataforma DeGóis - Plataforma Nacional de Ciência e TecnologiaCampus Virtual IPB

Reologia Alimentar


Área Científica: Engenharias e Técnicas Afins
Ano: 3º
Semestre: 1
Créditos: 6 ECTS
Horas de contacto: 30 T, 30 PL, 4 OT

Objectivos/Competências adquiridas:

Calcular algebricamente a pressão em qualquer ponto de um fluido. Determinar a força resultante exercida por fluidos sobre superfícies planas e curvilíneas, e o respetivo centro de pressões.
Classificar um fluido de acordo com as suas propriedades reológicas: comportamento Newtoniano e Não- Newtoniano (independente e dependente do tempo).
Identificar tipos mais comuns de viscosímetros.
Aplicar a Equação de Bernoulli em situações de escoamento de fluidos incompressíveis em estado estacionário.
Determinar a perdas de carga: localizadas e por atrito (escoamento laminar e turbulento de fluidos newtonianos e não newtonianos).

Conteúdo da unidade curricular:

INT. Reologia e Mecânica de Fluidos. Conceito de Fluido. Hidrodinâmica.
Propriedades físicas dos fluidos.
CLASSIFICAÇÃO REOLÓGICA DE FLUÍDOS
Comportamento elástico, viscoso e plástico. Consistência e viscosidade.
Fluidos Newtonianos e Não-Newtonianos
HIDROSTÁTICA
Equilíbrio hidrostático, forças que atuam no seio do fluido, pressão num ponto no seio do fluido. Equação Fundamental da Hidrostática.
Forças exercidas em tanques e comportas de diferentes geometrias. Centro de Pressões.
Forças exercidas em superfícies curvas.
EQUAÇÃO DE BERNOULLI
Lei Geral de Conservação de Energia.
Equação de Bernoulli: direções tangencial e normal a uma linha de corrente. Aplicações.
ESCOAMENTO EM CONDUTAS
Perda de carga unitária. Fator de atrito.
Número Reynolds. Escoamento Laminar e Turbulento. Diagrama de Moody. Equação de Colebrook-White.
Perdas de carga localizadas em tubagens circulares, não circulares e em tubagens múltiplas.
Escoamento laminar e turbulento de fluidos não-Newtonianos.

Bibliografia recomendada:

L.O. Figura e A.A. Teixeira (2007). Food Physics: Physical Properties – Measurement and Applications Springer, Alemanha
J.F. Steffe (1996). Rheological Methods in Food Process Engineering. 2ª Edição. Freeman Press. USA.
S. Sahin e S. G. Sumnu (2006). Rheological Properties of Foods in Physical Properties of Foods Springer, Alemanha, Capítulo 2: pp39-101
H.A. Barnes (2000). A Handbook of Elementary Rheology Institute of Non-Newtonian Fluid Mechanics, País de Gales
M.A. Rao (2007). Rheology of Fluid and Semisolid Foods. Principles and Applications. 2ª Edição. Springer. USA


T = teóricas; TP = teórico-práticas; PL = ensino prático e laboratorial; TC = trabalho de campo; S = seminário; E = estágio; OT = orientação tutória;