História, localização e infra-estruturas.

Os serviços e as pessoas.

Organização, departamentos e centros de recursos.

CET, Licenciaturas e Mestrados.

Programas e projectos de investigação.

Apoio e transferência de conhecimento.

A atmosfera, as instalações, as pessoas.

Acontece na ESA.

 

Blogue Notícias ESA
IPB.Virtual - plataforma de e-learning e de e-research
XVIII Semana das Ciências Agrárias
Clima na Escola Superior Agrária de Bragança
Estação Hidrométrica do Pontão do IPB
Portal Candidato IPB
Ligações B-ON - Biblioteca do Conhecimento OnlinePlataforma DeGóis - Plataforma Nacional de Ciência e TecnologiaCampus Virtual IPB

Tecnologia de Biocatalisadores


Área Científica: Engenharias e Técnicas Afins
Ano: 1º
Semestre: 2
Créditos: 5 ECTS
Horas de contacto: 25 T, 25 PL, 4 OT

Objectivos/Competências adquiridas:

Identificar e classificar enzimas.
Identificar e avaliar os fatores que determinam a atividade catalítica das enzimas.
Conhecer a proveniência e o papel desempenhado atualmente pelas enzimas na indústria.
Aplicar técnicas e processos de purificação de biocatalisadores.
Conhecer os processos de imobilização de biocatalisadores.
Caracterizar o processo da imobilização de biocatalisadores, nomeadamente ao nível da estabilidade, funcionalidade e tipo de reatores utilizados na imobilização.
Caracterizar as principais enzimas utilizadas na indústria.

Conteúdo da unidade curricular:

Introdução à Enzimologia. Propriedades gerais das enzimas. Classificação e nomenclatura. Estrutura das enzimas. Funções. Estabilidade de proteínas. Fatores que afetam a atividade catalítica. Produção e purificação de biocatalisadores. Imobilização de biocatalizadores. Caracterização de enzimas imobilizadas (suportes sólidos e reticulação). Biocatálise em meios não convencionais. Cinética enzimática. Cinética de enzimas imobilizadas. Reatores enzimáticos descontínuos e contínuos. Aplicações industriais: alimentação animal e rações, detergentes, alimentos e bebidas. Aplicações analíticas. Aplicações médicas. Indústria farmacêutica. Produção de antibióticos.

Bibliografia recomendada:

Aehle W. (2007) In Enzymes in Industry – Production and Applications, 3rd Edition, Wiley-VCH, Weinheim, Germany (ISBN 978-3-527-31689-2).
Bom E. P. S., Ferrara M. A., Corvo M. L. (2008) In Enzimas em Biotecnologia: Produção, Aplicações e Mercado, Editora Interciência (ISBN 978-8571931893).
Buchholz K., Kasche V., Bornscheuer U. T. (2005) In Biocatalysts and Enzyme Technology, Wiley-VCH, Weinheim, Germany (ISBN 978-3-527-30497-4).
Cabral J. M. S., Aires-Barros M. R., Gama M. (2003) In Engenharia Enzimática, Edições Lidel (ISBN 978-972-757-272-4)
Engel P. C. (1996) Enzymology Labfax, Academic Press (ISBN 978-0122388408).
Lima N., Mota M. (2003) In Biotecnologia - Fundamentos e Aplicações, Edições Lidel, (ISBN 978-9727571970).
Whitaker J. R. (1994) Principles of enzymology for the food sciences, 2nd Edition, Marcel Dekker Inc, New York, USA (ISBN 0-8247-9148-7).


T = teóricas; TP = teórico-práticas; PL = ensino prático e laboratorial; TC = trabalho de campo; S = seminário; E = estágio; OT = orientação tutória;