História, localização e infra-estruturas.

Os serviços e as pessoas.

Organização, departamentos e centros de recursos.

CET, Licenciaturas e Mestrados.

Programas e projectos de investigação.

Apoio e transferência de conhecimento.

A atmosfera, as instalações, as pessoas.

Acontece na ESA.

 

Blogue Notícias ESA
IPB.Virtual - plataforma de e-learning e de e-research
XVIII Semana das Ciências Agrárias
Clima na Escola Superior Agrária de Bragança
Estação Hidrométrica do Pontão do IPB
Portal Candidato IPB
Ligações B-ON - Biblioteca do Conhecimento OnlinePlataforma DeGóis - Plataforma Nacional de Ciência e TecnologiaCampus Virtual IPB

Métodos de Diagnóstico Molecular


Área Científica: Biologia e Bioquímica
Ano: 1º
Semestre: 2
Créditos: 5 ECTS
Horas de contacto: 25 T, 25 PL, 4 OT

Objectivos/Competências adquiridas:

Pretende-se transmitir os fundamentos de diferentes técnicas de Biologia Molecular e Bioquímica na diferenciação a vários níveis taxonómicos (género, espécie e estirpe), incluindo a análise de ácidos nucleicos e proteínas de agentes infeciosos ou de alterações genéticas do próprio organismo e suas aplicações no diagnóstico e prognóstico de doenças infeciosas. Pretende-se que o aluno desenvolva estratégias, baseadas na Reação em cadeia da polimerase e na análise Blast de sequências genómicas, para o diagnóstico de doenças genéticas e de doenças em plantas e animais. Pretende-se ainda fornecer conceitos fundamentais de Terapia Génica, suas aplicações e principais estratégias utilizadas pela Terapia Génica.

Conteúdo da unidade curricular:

Análise de cariotipos, tecnologias de tipagem (ITS-PCR, MSP-PCR, análise de RFLP, a serotipagem), hibridação de fluorescência (FISH) com diferentes tipos de sondas, sequenciação de DNA e análise bioinformática de sequências. Imunodiagnóstico.
Terapia génica (TG) com genes autólogos e heterólogos. MÉTODOS DE TRANSFERÊNCIA DE GENES. Vetores virais e não virais. TG DE DEFEITOS GÉNICOS. Aumento de expressão ou substituição dum gene defeituoso: Terapia genética para retinite em cães. Hipercolesterolémia. Deficiências de enzimas catabólicos. Imunodeficiências combinadas. TG DE BLOQUEIO. Bloqueio da transcrição ou tradução: Antisense, hélices triplas, ribozimas, RNAi. TG POR SUICÍDO CELULAR. Morte de células tumorais: Cinases timidínicas. Imunogenicidade tumoral. VACINAS DE DNA. Imunização contra patogéneos. Quimeras de RNA/DNA na terapia genética de plantas.

Bibliografia recomendada:

Coleman WB, Tsongalis GJ (2005) Molecular Diagnostics for the Clinical Laboratorian, 2nd Ed, Humana Press
Stackebrandt E (2005) Molecular Identification, Systematics and Population Structure of Prokaryotes. Springer-Verlag Berlin and Heidelberg GmbH & Co K.
Wash G (Ed) (2007) Pharmaceutical Biotechnology: Concepts and Applications, Wiley and Sons
Satchi-Fainaro R, Duncan R (Ed) (2006) Polymer Therapeutics I and II: Polymers as Drugs, Conjugates and Gene Delivery Systems, Springer
Meibohm B (Ed) (2006) Pharmacokinetics and Pharmacodynamics of Biotech Drugs, Wiley
Mitsuhashi N, Fischer-Lougheed J, Shulkin I, Kleihauer A, Kohn DB, Weinberg KI et al. (2006) Tolerance induction by lentiviral gene therapy with a nonmyeloablative regimen. Blood 107:2286–2293
Fischer-Lougheed JY, Tarantal AF, Shulkin I, Mitsuhashi N, Kohn DB, Lee CC et al. (2007) Gene therapy to inhibit xenoantibody production using lentiviral vectors in non-human primates. Gene Therapy 14: 49


T = teóricas; TP = teórico-práticas; PL = ensino prático e laboratorial; TC = trabalho de campo; S = seminário; E = estágio; OT = orientação tutória;