Eleição das Comissões de Curso da ESA – 2017

 

História, localização e infra-estruturas.

Os serviços e as pessoas.

Organização, departamentos e centros de recursos.

CET, Licenciaturas e Mestrados.

Programas e projectos de investigação.

Apoio e transferência de conhecimento.

A atmosfera, as instalações, as pessoas.

Acontece na ESA.

 

Blogue Notícias ESA
IPB.Virtual - plataforma de e-learning e de e-research
Clima na Escola Superior Agrária de Bragança
Portal Candidato IPB
Ligações B-ON - Biblioteca do Conhecimento OnlinePlataforma DeGóis - Plataforma Nacional de Ciência e TecnologiaCampus Virtual IPB

Segurança e Rastreabilidade


Área Científica: Engenharias e Técnicas Afins
Ano: 1º
Semestre: 2
Créditos: 6 ECTS
Horas de contacto: 30 T, 30 PL, 4 OT

Objectivos/Competências adquiridas:

Adquirir conhecimentos e compreender os sistemas de rastreabilidade.
Aplicar as técnicas e metodologias de rastreabilidade nos produtos alimentares de origem vegetal e animal.
Compreender a natureza interdisciplinar da análise do risco (RA) toxicológico das substâncias com efeitos adversos na saúde e regulamentadas na EU.
Obter, analisar e interpretar dados e parâmetros de toxicidade.
Interpretar e utilizar, no contexto da Análise do Risco, os dados de hábitos e consumos alimentares das populações.
Conhecer as diferentes etapas da avaliação do risco e as metodologias para o estabelecimento do LMRs em produtos fitofarmacêuticos e ULs em contaminantes.
Desenvolver a capacidade de aplicar os conhecimentos e de trabalho em equipa.

Conteúdo da unidade curricular:

Rastreabilidade, conceitos e definições. Rastreabilidade como ferramenta em segurança alimentar. Sistemas de rastreabilidade no setor dos produtos alimentares de origem vegetal e animal (vinho, frutas, carne, ovos etc.). Vantagens e importância.
Análise do Risco Toxicológico e segurança alimentar. Metodologia e etapas na análise do risco na Europa.
Produtos fitofarmacêuticos: Avaliação do Risco e estabelecimento do LMR. Autorização de venda dos produtos para proteção das plantas na Europa. Monitorização dos resíduos de pesticidas e critérios de alerta no sistema RASFF.
Principais problemas de segurança na alimentação animal. Aditivos e outras substâncias usados na alimentação animal. Outros perigos de origem animal: zoonoses, toxinfeções, contaminações, antibióticos, hormonas. Medidas de higiene na produção primária, maneio, armazenamento e transporte de produtos de origem animal.
Certificação de modos de produção primária de alimentos de origem vegetal e animal.

Bibliografia recomendada:

George Bennet, 2010 Food Identiy Preservation and traceability; Safer Grains. Taylor& Francis, CRC
Maria Vulton, 2011. Animal identification and traceability. Background and issues. Agricultural issues and policies.
Ian Smith and Anthony Furness, 2006. Improving Traceability Ability in Food Processing and Distribuition
EFSA Journal and on line “Scientific Opinion”, “Reasoned Opinions” and “Scientific and Technical Reports” published by EFSA.


T = teóricas; TP = teórico-práticas; PL = ensino prático e laboratorial; TC = trabalho de campo; S = seminário; E = estágio; OT = orientação tutória;