Processo de Eleição do Diretor da ESA

 

História, localização e infra-estruturas.

Os serviços e as pessoas.

Organização, departamentos e centros de recursos.

CET, Licenciaturas e Mestrados.

Programas e projectos de investigação.

Apoio e transferência de conhecimento.

A atmosfera, as instalações, as pessoas.

Acontece na ESA.

 

Blogue Notícias ESA
IPB.Virtual - plataforma de e-learning e de e-research
Portal Candidato IPB
Ligações B-ON - Biblioteca do Conhecimento OnlinePlataforma DeGóis - Plataforma Nacional de Ciência e TecnologiaCampus Virtual IPB

Biotecnologia Genética e Planos de Selecção


Área Científica: Ciência Animal
Ano: 1º
Semestre: 2
Créditos: 6 ECTS
Horas de contacto: 30 T, 20 PL, 2TC, 8S, 20 OT

Objectivos/Competências adquiridas:

Introdução à tecnologia do DNA recombinante. Análise de genomas animais/bases de dados. Marcadores moleculares mais utilizados na Ciência Animal. Genes maiores e marcadores genéticos de fertilidade animal. Detecção e mapeamento de características quantitativas em animais domesticados (QTLs). Tecnologia dos microarrays aplicados ao melhoramento genético. Clonagem de genes em linhas celulares de mamíferos. Transgénese, por microinjecção. Recombinação homóloga e transgénese. Produtos biofarmacêuticos em animais transgénicos. Revisão sobre as técnicas e as estratégias de melhoramento genético animal. Objectivos e critérios de selecção. Modelos lineares. Avaliação simultânea para vários caracteres. Modelos mistos: BLUP e BLUE. Estimativa de parâmetros genéticos. Componentes de um programa de selecção. Consanguinidade e conservação da variabilidade genética.

Conteúdo da unidade curricular:

Conhecer as novas tecnologias genéticas e suas possíveis aplicações às diferentes vertentes da Produção Animal. Tecnologia dos transgénicos e sua aplicação à Produção Animal e a outros domínios científicos. Saber aceder às diferentes bases de dados sobre informação genética animal. Compreender os procedimentos para implementar programas de selecção e de avaliação genética. Ser capaz de identificar os pontos-chave de um programa de selecção, definir os objectivos e os critérios de selecção, bem como implementar um sistema de avaliação genética com base nos dados de pedigree e de desempenho.

Bibliografia recomendada:

BALDI, P., HATFIELD, W.G., 2002. DNA Microarray and Gene Expression: From Experiments to Data Analysis and Modeling. Cambridge University Press, England.
COCKETT, N.E, KOLE, C., 2009. Genome Mapping and Genomics in Animals. Springer, USA.
GOLDSTEIN, D.B., POLLOCK, D.D., 1997. Launching Microsattelites: A Review of Mutation Process and Methods of Phylogenetic Inference. Journal of Heredity, 88: 335-342.
HOUDEBINE, L.-M., 2003. Animal Transgenisis and Cloning. Jonh Wiley and Sons.
NICHOLAS, F.N., 2009. Introduction to Veterinary Genetics. Willey-Blackwell, 3rd Edition, Australia.
BOURDON, R.M., 2005. Understanding Animal Breeding. 2nd Edition, Prentice hall.
FALCONER, D.S., MACKAY, T.F.C. 1996. Introduction to Quantitative Genetics. 4th Edition. Longman Group Ltd.
MRODE, R.A., 1999. Linear models for the prediction of animal breeding values. 2nd Edition, Cab International.
Artigos científicos disponibilizados na B-Online.


T = teóricas; TP = teórico-práticas; PL = ensino prático e laboratorial; TC = trabalho de campo; S = seminário; E = estágio; OT = orientação tutória;