História, localização e infra-estruturas.

Os serviços e as pessoas.

Organização, departamentos e centros de recursos.

CET, Licenciaturas e Mestrados.

Programas e projectos de investigação.

Apoio e transferência de conhecimento.

A atmosfera, as instalações, as pessoas.

Acontece na ESA.

 

Blogue Notícias ESA
IPB.Virtual - plataforma de e-learning e de e-research
Clima na Escola Superior Agrária de Bragança
Portal Candidato IPB
Ligações B-ON - Biblioteca do Conhecimento OnlinePlataforma DeGóis - Plataforma Nacional de Ciência e TecnologiaCampus Virtual IPB

Laboratórios Integrados


Área Científica: Indústrias Alimentares
Ano: 2º
Semestre: 1
Créditos: 4 ECTS
Horas de contacto: 39 TP, 6 S, 20 OT

Objectivos/Competências adquiridas:

A unidade curricular tem por objectivo a consolidação e integração de conhecimentos de diversos domínios referentes à área alimentar, nomeadamente: composição de matérias-primas, processos e tecnologias de transformação e conservação, para além da legislação aplicável. Após a conclusão da unidade curricular, o diplomado deve ser capaz de:

  • Caracterizar as matérias-primas, processos de fabrico e de conservação, bem como as metodologias e tecnologias associadas à obtenção de produtos alimentares
  • Garantir a segurança e autenticidade de produtos alimentares
  • Realizar enquadramentos legais para as indústrias alimentares e respectivos produtos.

Conteúdo da unidade curricular:

Aplicação integrada dos conhecimentos apreendidos nas outras unidades curriculares do curso. Estudo integrado de produtos alimentares desde a concepção e definição, matérias-primas, processo tecnológico e apresentação nas diferentes vertentes: legais, analíticas e nutricionais associadas à qualidade e segurança desses produtos.

Bibliografia recomendada:

J. A. Ordóñez, M. I. Cambero, L. Fernández, M. L. Garcia, G. G. F. L. de la Hoz e M. D. Selgas, 2005, Tecnologia de Alimentos, Volume I, Artmed Editora
J. A. Ordóñez, M. I. Cambero, L. Fernández, M. L. Garcia, G. G. F. L. de la Hoz e M. D. Selgas, 2005, Tecnologia de Alimentos, Volume II, Artmed Editora.
H.D. Belitz, W. Grosch, 1999, Food Chemistry, Springer
M.S. Rahman, 1999, Handbook of Food Preservation, Marcel Dekker, Inc.
D.K. Salunkhe, S.S. Kadam, 1998, Handbook of Vegetable Science and Technology-Production, Composition, Storage and Processing, Marcel Dekker, Inc.
P.F. Fox, P.L.H. McSweeney, 1998, Dairy Chemistry and Biochemistry, Blackie Academic & Professional
A.M. Pearson, T.R. Dutson, 1997, Production and Processing of Healthy Meat, Poultry and Fish Products, Blackie Academic & Professional
L. P. Somogyi, 1996, Processing Fruits: Science and Technology, Technomic
A.H. Varnam, J.P. Sutherland, 1994, Leche y Productos Lácteos: Tecnología, Química y Microbiología, Editorial Acribia, S.A.
P.J. Fellows, 1992, Food Processing Technology: Principles and Practice, Ellis Horwood Limited
Informação disponibilizada nos sites: http://www. Icd.online.org. http://www.ipq.pt. http://europa.eu.int/; http://www.codexalimentarius.net/. http://www.iso.org.
Revistas disponíveis em bases de dados na ESA, especialmente: Food Control, Food Microbiology, Food Safety, Food Chemistry, Journal of Agricultural and Food Chemistry.


T = teóricas; TP = teórico-práticas; PL = ensino prático e laboratorial; TC = trabalho de campo; S = seminário; E = estágio; OT = orientação tutória;