Eleição do Terceiro Conselho Técnico-Científico da ESA

 

 

História, localização e infra-estruturas.

Os serviços e as pessoas.

Organização, departamentos e centros de recursos.

CET, Licenciaturas e Mestrados.

Programas e projectos de investigação.

Apoio e transferência de conhecimento.

A atmosfera, as instalações, as pessoas.

Acontece na ESA.

 

Blogue Notícias ESA
IPB.Virtual - plataforma de e-learning e de e-research
Clima na Escola Superior Agrária de Bragança
Portal Candidato IPB
II Congresso Nacional das Escolas Superiores Agrárias
Ligações B-ON - Biblioteca do Conhecimento OnlinePlataforma DeGóis - Plataforma Nacional de Ciência e TecnologiaCampus Virtual IPB

Arborização em Meio Urbano


Área Científica: Silvicultura e Caça
Ano: 1º
Semestre: 2
Créditos: 6 ECTS
Horas de contacto: 30 T, 20 PL, 10 TC, 20 OT

Objectivos/Competências adquiridas:

  • aumentar a compreensão do aluno sobre a importância das árvores nos aglomerados urbanos;
  • diagnosticar problemas fitossanitários e de stress e indicar medidas de resolução
  • realçar os efeitos ambientais do arvoredo urbano e consequências para a saúde pública;
  • identificar e aplicar técnicas para inventariar e reconhecer o valor das árvores no espaço urbano
  • reconhecer necessidades específicas e aplicar técnicas silvícolas no contexto urbano, nomeadamente no que respeita à condução, manutenção e gestão da vegetação urbana; - apreender noções de planeamento integradas nos planos de ordenamento municipal.

Conteúdo da unidade curricular:

Identificação, características e necessidades ecológicas de árvores para uso urbano. Técnicas de poda e condução de árvores ornamentais. Stress e doenças das árvores em meio urbano e sua protecção. Fisiologia e produção de plantas lenhosas com fins ornamentais. Efeitos dos espaços arborizados nas cidades. Estrutura ecológica e plano verde. As características edafoclimáticas e a arborização em património edificado. Gestão de espaços verdes e saúde pública.

Bibliografia recomendada:

Adams, LW (1994) Urban wildlife habitats: a landscape perspective. University of Minnesota
Alford DV. (2003). A Color Atlas of Pests of Ornamental Trees, Shrubs, and Flowers. Timber Press.
Beatley, T (2000) Green urbanism : learning from european cities. Island Press
Gilman, EF (1997) Trees for urban and suburban landscapes : an ilustrated guide to pruning. Delmar Publishers
Grey, GW (1996) The urban forest: comprehensive management. John Wiley & Sons
Hibberd, BG (1989) Urban forestry practice. HMSO
Michau, E (1998). Manual Fapas – A poda das árvores ornamentais. Gráfica Claret, Carvalhos.
Miller, RW (1997) Urban Forestry: Planning and Managing Urban Greenspaces. 2nd Ed. Prentice Hall
Palomo, PJS (2003) La Plananificacion Verde en las Ciudades. Ed. Gustavo Gili
Tattar T.A (1989). Diseases of shade trees. (Revised ed.). Academic Press.
Telles, GR (Coord.) (1997). Plano Verde de Lisboa. Lisboa, Edições Colibri.


T = teóricas; TP = teórico-práticas; PL = ensino prático e laboratorial; TC = trabalho de campo; S = seminário; E = estágio; OT = orientação tutória;