História, localização e infra-estruturas.

Os serviços e as pessoas.

Organização, departamentos e centros de recursos.

CET, Licenciaturas e Mestrados.

Programas e projectos de investigação.

Apoio e transferência de conhecimento.

A atmosfera, as instalações, as pessoas.

Acontece na ESA.

 

Blogue Notícias ESA
IPB.Virtual - plataforma de e-learning e de e-research
Portal Candidato IPB
Ligações B-ON - Biblioteca do Conhecimento OnlinePlataforma DeGóis - Plataforma Nacional de Ciência e TecnologiaCampus Virtual IPB

Cinegética


Área Científica: Silvicultura e Caça
Ano: 1º
Semestre: 1
Créditos: 6 ECTS
Horas de contacto: 30 T, 16 PL, 14 TC, 20 OT

Objectivos/Competências adquiridas:

  • Identificar as características mais importantes referentes à biologia e ecologia das principais espécies cinegéticas
  • Conhecer estratégias de gestão de populações cinegéticas e técnicas de melhoria de habitats
  • Caracterizar os processos de reprodução de espécies cinegéticas
  • Aprender a definir e adoptar medidas de gestão de populações aliadas a processos artificiais de controlo de abundância
  • Conhecer as bases legais e os processos envolvidos na elaboração de planos de ordenamento e exploração cinegética

Conteúdo da unidade curricular:

Definição e âmbito da actividade cinegética. Estudo das populações animais com interesse cinegético em Portugal. Técnicas de valorização e adequação de habitats em áreas de caça. Métodos de determinação da idade e do sexo. Determinação de níveis de captura e esforço de caça. Ordenamento e gestão dos recursos cinegéticos. Legislação: regime cinegético; períodos, processos e meios de caça; planos de ordenamento e exploração cinegética

Bibliografia recomendada:

Covisa J (1998) Ordenación Cinegética: Proyectos de Ordenación y Planes Técnicos. Cinegética y Naturaleza Eds.
Escuela Española de Caza (1998) I Curso Gestión de Cotos. Fedenca. Madrid
Peiró Clavell V (1997) Gestión Ecológica de Recursos Cinegéticos. Univ. Alicante
Saenz de Buruaga M, Lúcio A, Purroy, F (1991) Reconocimiento de Sexo y Edad en Espécies Cinegéticas. Gobierno Basco. Vitoria
Schemnitz SD (Ed.) (1980) Wildlife Management Techniques Manual. 4ª ed. The Wildlife Society. Washington
Sutherland, WJ (Ed.) (1998) Ecological Census Techniques. Cambridge Univ. Press


T = teóricas; TP = teórico-práticas; PL = ensino prático e laboratorial; TC = trabalho de campo; S = seminário; E = estágio; OT = orientação tutória;