História, localização e infra-estruturas.

Os serviços e as pessoas.

Organização, departamentos e centros de recursos.

CET, Licenciaturas e Mestrados.

Programas e projectos de investigação.

Apoio e transferência de conhecimento.

A atmosfera, as instalações, as pessoas.

Acontece na ESA.

 

Blogue Notícias ESA
IPB.Virtual - plataforma de e-learning e de e-research
Portal Candidato IPB
Ligações B-ON - Biblioteca do Conhecimento OnlinePlataforma DeGóis - Plataforma Nacional de Ciência e TecnologiaCampus Virtual IPB

Métodos de Tratamento de Águas e de Águas Residuais


Área Científica: Tecnologia de Protecção do Ambiente
Ano: 2º
Semestre: 1
Créditos: 6 ECTS
Horas de contacto:

Objectivos/Competências adquiridas:

Pretende-se que o diplomado possua competências no domínio do tratamento de efluentes líquidos, conheça e aplique os princípios inerentes à sua gestão e seja capaz de

  • Monitorizar instalações de tratamento de águas e de efluentes;
  • Projectar estações de tratamento de águas e de efluentes;
  • Desenvolver investigação aplicada no domínio do tratamento de águas e de efluentes.

Conteúdo da unidade curricular:

Efluentes domésticos e industriais. Caracterização Amostragem. ETAR: pré - tratamento; tratamento primário; tratamento secundário; tratamento das lamas. Tratamento terciário. Técnicas de tratamento físico-químicas: adsorção; permuta iónica; processos de oxidação; processos de filtração por membranas. Processos de remoção de cor: por adsorção em carvão activado e em sílica - gel. Processos biológicos não convencionais de remoção de matéria orgânica, aeróbios e anaeróbios. Processos de remoção de nutrientes: de fósforo e de azoto. Tratamento por macrófitas. Tratamento pelo solo. Lagunagem. Técnicas de desinfecção

Bibliografia recomendada:

Glueckstein, L. et al. (1992) “Design of Municipal Wastewater Treatment Plants”, Volume I & Volume II, WEF & ASCE, Book Press, Inc., Brattlemoro, Vermont, 1592 p.
Hager, W.H. (1999) “Wastewater Hidraulics, Theory and Practice”, Springer-Verlog, Berlin, 628 p.
Kiely G. (1999) “Ingeniería Ambiental. Fundamentos, entornos, tecnología y sistemas de gestión” McGraw-Hill/Interamericana de España, Madrid, 1331 p.
Metcalf & Eddy, (2003) “Wastewater engineering. Treatment and reuse”, 4ª edition, McGrow-Hill, New York, 1819 p.
Seviour, R. J.; Blackall, L. L. (1999) “The microbiology of Activated Sludge” Kluwer Academic Publishers, Dordrecht, 422p.


T = teóricas; TP = teórico-práticas; PL = ensino prático e laboratorial; TC = trabalho de campo; S = seminário; E = estágio; OT = orientação tutória;