Eleição das Comissões de Curso da ESA – 2017

 

História, localização e infra-estruturas.

Os serviços e as pessoas.

Organização, departamentos e centros de recursos.

CET, Licenciaturas e Mestrados.

Programas e projectos de investigação.

Apoio e transferência de conhecimento.

A atmosfera, as instalações, as pessoas.

Acontece na ESA.

 

Blogue Notícias ESA
IPB.Virtual - plataforma de e-learning e de e-research
Clima na Escola Superior Agrária de Bragança
Portal Candidato IPB
Ligações B-ON - Biblioteca do Conhecimento OnlinePlataforma DeGóis - Plataforma Nacional de Ciência e TecnologiaCampus Virtual IPB

Sistemas de Abastecimento de Água e Drenagem


Área Científica: Engenharia e Técnicas Afins
Ano: 1º
Semestre: 1
Créditos: 6 ECTS
Horas de contacto:

Objectivos/Competências adquiridas:

Os alunos adquirem competências ao nível do conhecimento das componentes dos sistemas de abastecimento de água: captação (tipos de captações, equipamentos utilizados, qualidade da água para consumo), adução (dimensionamento das condutas adutoras e acessórios, operações de controlo do escoamento); reservatórios (tipos de reservatórios, operações de manutenção, dimensionamento), distribuição (tipos de redes de distribuição, dimensionamento das redes e optimização).
Os alunos adquirem competências para conceber, dimensionar e gerir sistemas de abastecimento de água e de drenagem de águas residuais

Conteúdo da unidade curricular:

Sistemas de abastecimento e distribuição de água: constituição e bases quantitativas de dimensionamento: introdução e constituição dos sistemas, estimativas de população, consumos e caudais de projecto; captações de água: captações de águas subterrâneas, captações de águas superficiais; adução: bases para o dimensionamento hidráulico das adutoras, canais e galerias em superfície livre, condutas adutoras em pressão, órgãos de manobra e segurança; reservatórios: importância e finalidades de reservatórios em sistemas de abastecimento de água, classificação segundo a sua função nas redes, capacidade dos reservatórios, aspectos funcionais e construtivos; sistemas de distribuição de água: configuração e aspectos gerais de implantação, elementos de base, dimensionamento, elementos acessórios em redes de distribuição.
Sistemas de drenagem de águas residuais e pluviais: tipificação e constituição dos sistemas de drenagem, concepção e dimensionamento de sistemas de drenagem; sistemas de drenagem de águas residuais comunitárias: elementos de base, critérios de projecto, dimensionamento hidráulico-sanitário de colectores; sistemas de drenagem de águas pluviais: aspectos particulares da concepção dos sistemas, principais componentes dos sistemas, escoamento de superfície, dimensionamento hidráulico de colectores; órgãos gerais dos sistemas de drenagem.

Bibliografia recomendada:

Almeida, A. B. & Martins, S. C.2000. Controlo Hidráulico – Operacional de Sistemas Adutores. EPAL, Lisboa.
Baptista, J.M. & Matos, M.R. (Eds.) 1995. Gestão de sistemas de Saneamento Básico. Direcção Geral do Ambiente, LNEC, Lisboa.
Creder, H. 1991. Instalações Hidráulicas e Sanitárias. Livros Técnicos e Científicos.
Lencastre, A. 1983. Hidráulica geral, Hidroprojecto, Lisboa.
Quintela, A. C. 2000. Hidráulica. Fundação Calouste Gulbenkian. Lisboa.
RGSPPDADAR, 1995. Regulamento Geral dos Sistemas Públicos e Prediais de Distribuição de Águas e de Drenagem de Águas Residuais. Imprensa Nacional, Lisboa.
Vários, 1991. Manual de Saneamento Básico. Direcção Geral dos Recursos Naturais, Lisboa.
Silva Afonso, A., 1997. O novo regulamento português de águas e esgotos, anotado e comentado. Vol. I, Casa do Castelo Editora, Coimbra.
Silva Afonso, A., 1998. Manual de ambiente e saneamento básico. Tecnologias apropriadas para pequenos aglomerados. Centro de Estudos e Formação Autárquica, Coimbra.


T = teóricas; TP = teórico-práticas; PL = ensino prático e laboratorial; TC = trabalho de campo; S = seminário; E = estágio; OT = orientação tutória;