História, localização e infra-estruturas.

Os serviços e as pessoas.

Organização, departamentos e centros de recursos.

CET, Licenciaturas e Mestrados.

Programas e projectos de investigação.

Apoio e transferência de conhecimento.

A atmosfera, as instalações, as pessoas.

Acontece na ESA.

 

Blogue Notícias ESA
IPB.Virtual - plataforma de e-learning e de e-research
Clima na Escola Superior Agrária de Bragança
Estação Hidrométrica do Pontão do IPB
Portal Candidato IPB
Ligações B-ON - Biblioteca do Conhecimento OnlinePlataforma DeGóis - Plataforma Nacional de Ciência e TecnologiaCampus Virtual IPB

Biotecnologia e Inovação


Grau:Cursos Técnicos Superiores Profissionais (CTeSP)

Objectivos:

O Técnico Superior em Biotecnologia e Inovação é um profissional capaz de intervir e explorar sistemas biológicos, através do desenvolvimento, gestão de técnicas e processos biotecnológicos para controlo, produção e transformação de novos produtos com caraterísticas melhoradas.

Localização

O CTeSP em Biotecnologia e Inovação funciona em Bragança e Guimarães.

Saídas Profissionais

Desempenhar funções em empresas públicas e privadas de base tecnológica, intervindo nomeadamente ao nível de laboratórios de diagnóstico, de controlo de qualidade e de desenvolvimento de produtos, tecnologias e serviços especializados nas áreas da biotecnologia vegetal, animal e microbiana, agroalimentar, farmacêutica, cosmética, produtos naturais, ambiente e biotecnologia industrial, contribuindo para a modernização tecnológica do setor primário e secundário.

Prosseguimento de estudos

Os titulares de um Diploma de Técnico Superior Profissional, atribuídos pela Escola Superior Agrária do Instituto Politécnico de Bragança (ESA-IPB) podem concorrer à matrícula e inscrição nos cursos de licenciatura do IPB, ao abrigo do disposto no regulamento dos concursos especiais de acesso ao ensino superior.
A formação efetuada no CTeSP é creditada na Licenciatura do IPB em que o titular do Diploma de Técnico Superior Profissional seja admitido. O nível de creditação de competências (equivalências) depende da afinidade do CTeSP com o curso de Licenciatura escolhido.



 

Director curso: Ana Carvalho

Condições de Acesso

Podem candidatar-se à inscrição num CTESP:
a) Os titulares de um curso de ensino secundário ou de habilitação legalmente equivalente;
b) Os que tenham sido aprovados nas provas especialmente adequadas destinadas a avaliar a capacidade para a frequência do ensino superior dos maiores de 23 anos, realizadas para o curso em causa;
c) Os estudantes que, tendo obtido aprovação em todas as disciplinas de 10.º e 11.º anos de um curso de ensino secundário, ou de habilitação legalmente equivalente, e não tendo concluído o curso de ensino secundário, sejam considerados aptos através de prova de avaliação de capacidade a realizar pelo IPB;
d) Os titulares de um diploma de especialização tecnológica, de um diploma de técnico superior profissional ou de um grau de ensino superior que pretendam a sua requalificação profissional.


Portal Candidato     Guia ECTS


Plano de estudos

  Semestre I ECTS Semestre II ECTS
1 º Ano Química 6,5 Biossistemática 6
Informática e estatística 6,5 Genética 6
Microbiologia 5,5 Fisiologia vegetal e animal 6
Métodos e técnicas em bioquímica 5,5 Gestão de empresas e empreendedorismo 6
Técnicas laboratoriais 6 Higiene e segurança no trabalho 3
Inovação e regulamentação em biotecnologia 3
  Totais 30   30
2 º Ano Biotecnologia vegetal 6 Estágio 30
Biotecnologia animal 6
Biotecnologia microbiana 6
Biotecnologia aplicada 6
Introdução à bioinformática 3
Introdução à cultura in-vitro 3
  Totais 30,5   30


Formação prática em contexto de trabalho

A componente de formação em contexto de trabalho visa a aplicação dos conhecimentos e saberes adquiridos às atividades práticas do respetivo perfil profissional.


A componente de formação em contexto de trabalho (estágio) tem a duração de um semestre e está assegurada através de protocolos que a ESA-IPB estabeleceu com as seguintes entidades/empresas:


Nome da entidade Localidade onde decorrerá o estágio Área funcional interna que irá acolher o estagiário
Valentiva Lda Bragança Desenvolvimento de produto
Centro Nacional de Competências dos Frutos Secos Bragança Consultadoria e Inovação
Resíduos do Nordeste, EIM, SA Mirandela Departamento de Qualidade, Ambiente e Segurança
M. FERREIRA & FILHAS, LDA Gimonde Controlo de produção
Eurofumeiro, Soc Industrial de Transformação Tradicional de Carnes Lda. Mirandela Laboratório - desenvolvimento de novos produtos
Cosme Tek Lda Bragança Desenvolvimento de produto
Essencia do Mel - Sandra Isabel Barbosa Unipessoal Lda Valpaços Controlo de qualidade e desenvolvimento de produtos
TECPAN - Tecnologia e Produtos para Pastelaria e Panificação Mirandela Laboratório
Produtos Alimentares Carina, Lda Chaves Inovação
Bôfumeiro Bragança Desenvolvimento de produto
Cooperativa Agrícola de Macedo de Cavaleiros CRL Macedo de Cavaleiros Desenvolvimento de produto
Laboratório Regional de Trás-os-Montes Lda Cachão, Mirandela Controlo de qualidade
Papagrão Lda Bragança Desenvolvimento de produto
Agroaguiar, Comércio de Produtos Alimentares SA Vila Pouca de Aguiar Produção e transformação, desenvolvimento de novos produtos
Teixeira Barbosa & Sequeira Reis, Lda Valpaços Controlo da produção


Informação Adicional

Para complementar estas informações os interessados deverão contactar os Serviços de Apoio ao Conselho Directivo e/ou o Gabinete Relações com o Exterior e Imagem