Notícias ESA

Blogue de notícias da Escola Superior Agrária de Bragança

Etiqueta: cancro

Curso de Formação de técnicos responsáveis pela aplicação do bioproduto Dictis

curso_dictis_2016
http://esa.ipb.pt/dictis/curso

Oportunidades para a fileira dos frutos secos

CNCFS Tomada Posse

Cancro do Castanheiro

Cancro do castanheiro já tem cura

Depois de três anos de trabalho em laboratório, surge o primeiro produto em Portugal para combater o cancro do castanheiro. O projecto foi desenvolvido pelo Instituto Politécnico de Bragança (IPB), em parceria com outras entidades, para resolver um dos problemas que afecta a produção de castanha na região.

Eugénia Gouveia, investigadora do IPB, adianta que o produto é biológico, já foi testado e é 100 por cento eficaz. “Este ano um passo importante foi dado. Temos o produto que pode ser aplicado, já foi experimentado no campo e funciona muito bem”, assegura Eugénia Gouveia, investigadora do IPB.

O próximo passo é fazer chegar este produto aos produtores. Eugénia Gouveia diz que é preciso uma conjugação de vontades para que o produto seja homologado e colocado no mercado. “Estamos a trabalhar com todos os intervenientes, desde os produtores, às associações, Ministério da Agricultura, instituições de investigação. Precisamos de facto de uma colaboração mais estreita, porque este produto tem que ser autorizado para poder ser utilizado no ambiente”, defende a investigadora do IPB.

Outra praga que está a preocupar produtores e investigadores é a vespa do castanheiro, que já está instalada em soutos na zona do Minho. O início da luta biológica nesta zona está prevista para o próximo ano.

Albino Bento, professor e investigador do IPB, não tem dúvidas que dentro de três anos esta praga vai chegar à região transmontana e por isso lembra que ao se iniciar a luta biológica no Minho se está a proteger a zona que mais castanha produz. “ Como a praga tem uma dispersão natural e vai progredindo anualmente e vai atingindo novos castanheiros. Também o parasitóide tem uma dispersão natural, que vai acompanhando, embora a um ritmo um pouco mais lento a praga, e, portanto, quando estamos a fazer luta biológica no Minho estamos a cuidar da maior zona de produção de castanha que é Trás-os-Montes”, explica Albino Bento.

As doenças do castanheiro estiveram em debate no VII Fórum Internacional de Países Produtores de Castanha, em Bragança.

em Rádio Brigantia

VII Fórum Internacional Países Produtores de Castanha

VII_Forum_Internacional_Paises_Produtores_Castanha

Cogumelos podem ajudar a tratar o cancro

Cogumelos silvestres para tratar o cancro

Utilizar os cogumelos silvestres no tratamento do cancro. Esta é uma possibilidade que está a ser estudada por investigadores do Centro de Investigação de Montanha, do Instituto Politécnico de Bragança.
A professora do IPB, Isabel Ferreira, diz que o estudo ainda está no início, mas assegura que já há resultados promissores. “Estamos numa das regiões da Europa com maior diversidade de cogumelos e de facto temos identificado algumas espécies que têm um potencial anti-tumoral. São ensaios invitro que podem evoluir agora para modelos animais. Há espécies que são promissoras, invitro inibiram o crescimento de células tumorais humanas”, explica a responsável. Os cogumelos em estudo são comestíveis, apesar de não serem os mais conhecidos pela população.

Os investigadores vão começar agora a fazer experiências em animais para analisar os efeitos destes cogumelos.

em Rádio Brigantia

Bragança: Diminuição de cogumelos pode afectar saúde plantas

A diminuição de cogumelos silvestres nos últimos anos devido ao tempo seco pode afectar a saúde de espécies como o castanheiro, o chamado «petróleo transmontano», que tem nos fungos uma das suas principais defesas naturais.

O alerta foi deixado hoje num fórum internacional de países produtores de castanha por uma investigadora do Instituto Politécnico de Bragança (IPB), Anabela Martins, que ressalva que «a situação ainda não é dramática, mas se se prolongar pode ter algum efeito».

Os fungos têm um papel protector das raízes de várias espécies de plantas, sendo garante de nutrientes, água e protecção contra doenças como a tinta ou o cancro no caso do castanheiro.
Diário Digital / Lusa

© 2021 Notícias ESA

Theme by Anders NorenUp ↑