Notícias ESA

Blogue de notícias da Escola Superior Agrária de Bragança

Tag: azeite (page 1 of 3)

Festival de Sabores do Azeite Novo – Curso de Aperfeiçoamento de Prova de Azeites


No âmbito do XII Festival de Sabores do Azeite Novo, a APPITAD – Associação de Produtores em Protecção Integrada de Trás-os-Montes e Alto Douro e a Escola Superior Agrária de Bragança em colaboração com a Câmara Municipal de Mirandela, irão promover no dia 28 de Janeiro um Curso de Aperfeiçoamento de Prova de Azeites.

O objectivo principal desta acção é dar continuidade e aprofundar os conhecimentos adquiridos em formações anteriores, bem como provar azeites monovarietais de Trás-os-Montes e das 6 Denominações de Origem Protegida.

As inscrições deverão ser enviadas para o email festivalazeitenovo@gmail.com

concurso_azeite

Cursos de Prova de Azeite

Curso de Iniciação à Prova de Azeites - 2016

Curso de Aperfeiçoamento de Prova de Azeites - 2016

A Escola Superior Agrária de Bragança em parceria com o Município de Mirandela irão promover dois Cursos de Provas de Azeite:

16 de Janeiro –> Curso de Iniciação à Prova de Azeites
23 de Janeiro –> Curso de Aperfeiçoamento de Prova de Azeites

As inscrições deverão ser enviadas para o email festivalazeitenovo@gmail.com indicando qual o(s) curso(s) em que se inscrevem.

Iniciação à prova de Azeite

2015 setembro - Cartaz Curso de Agrobiotecnologia v2

Seminários de AgroBioTecnologia – Azeites do Douro

Cartaz - Azeite Douro

A Escola Superior Agrária de Bragança está a estudar várias formas de combater as pragas que atacam a azeitona

O preço do azeite poderá aumentar entre dez a 15 por cento, a partir de março. As pragas que atacaram a azeitona no verão passado provocaram uma queda de 20 por cento na produção nacional de azeite deste ano. A situação, ainda mais grave noutros países da Europa, originou um aumento de 40 por cento do preço do azeite a granel no mercado internacional. Entretanto, a Escola Superior Agrária de Bragança está a estudar várias formas de combater as pragas que atacam a azeitona.

em SICNotícias

Investigadores procuram cura para doenças da oliveira

Um grupo de investigadores do Centro de Investigação e Montanha do Instituto Politécnico de Bragança, o CIMO, está a desenvolver um projecto para combater as três doenças da oliveira mais frequentes no olival de Trás-os-Montes.
A gafa, a tuberculose da oliveira e o olho de pavão têm vindo a aumentar de incidência. A investigadora da Escola Superior Agrária, Paula Baptista, explica que o estudo tem como objectivo identificar meios de luta biológicos para controlar estas doenças que provocam perdas na produção e as quais, até agora, não é possível combater de forma eficaz.

O próximo passo da investigação, financiada pela Fundação para a Ciência e Tecnologia, é testar os agentes no campo, para verificar se os níveis de eficácia se mantêm.  O objectivo é, no futuro, utilizar os agentes de luta autóctones identificados, para produzir biofungicidas.

As pragas são outro dos problemas que os olivicultores enfrentam. Sónia Santos, docente do IPB, adiantou que este ano a mosca da azeitona provocou perdas na ordem dos15 a 20 por cento.

As doenças e as pragas da oliveira foram temas abordados no seminário dedicado ao olival e integrado na Festa dos Reis, em Vale de Salgueiro. A iniciativa realizou-se pela primeira vez e é considerada por António Branco uma boa inovação. O presidente da Câmara Municipal de Mirandela entende que é salutar a abertura das instituições de ensino à comunidade:

O seminário sobre a produção de oliveira foi, a par da feira de produtos, uma novidade no programa da Festa dos Reis, que a Junta de Freguesia de Vale de Salgueiro promete continuar nos próximos anos.

em Rádio Brigantia

Seminário Azeite e Figo

Seminario_Azeite_Figo

Older posts

© 2017 Notícias ESA

Theme by Anders NorenUp ↑