Eleição das Comissões de Curso da ESA – 2017

 

História, localização e infra-estruturas.

Os serviços e as pessoas.

Organização, departamentos e centros de recursos.

CET, Licenciaturas e Mestrados.

Programas e projectos de investigação.

Apoio e transferência de conhecimento.

A atmosfera, as instalações, as pessoas.

Acontece na ESA.

 

Blogue Notícias ESA
IPB.Virtual - plataforma de e-learning e de e-research
Clima na Escola Superior Agrária de Bragança
Portal Candidato IPB
Ligações B-ON - Biblioteca do Conhecimento OnlinePlataforma DeGóis - Plataforma Nacional de Ciência e TecnologiaCampus Virtual IPB

História

A instalação da Escola Superior Agrária de Bragança deu-se em 1983 tendo as actividades lectivas começado no ano lectivo de 1986/87.

O impulso inicial sustentou-se nos Cursos de Bacharelato em Gestão da Empresa Agrícola e Melhoramentos Rurais. O leque de formações ao nível de Bacharelato estendeu-se posteriormente aos cursos de Produção Agrícola, Produção Animal e Gestão de Recursos Florestais, aos quais se seguiram os cursos de Engenharia Rural, Engenharia do Ambiente e Engenharia Biotecnológica. Paralelamente aos cursos de Bacharelato, a Escola disponibilizou Cursos de Estudos Superiores Especializados em Contabilidade e Administração de Empresas, Agricultura Sustentada, Gestão de Projectos e do Espaço Rural e Tecnologia de Produtos Agro-Pecuários.

Este cenário manteve-se até ao ano de 1998/1999, altura em que se procedeu à reconversão de todos os cursos, adoptando o modelo das licenciaturas bietápicas.

No ano lectivo 2006/2007 a Escola respondeu com competência ao desafio de Bolonha, disponibilizando hoje a todos os interessados as licenciaturas de Engenharia Agronómica, Engenharia Alimentar, Engenharia Biotecnológica, Engenharia do Ambiente, Engenharia Florestal, Engenharia Zootécnica, Fitoquímica e Fitofarmacologia, e Tecnologia Veterinária, todas elas adaptadas às premissas de Bolonha.